Olhar para o que é importante!

colin-carey-71130

foto por: Colin Carey em Unsplash

Quando compreendemos a vontade de Deus, entendendo o Seu plano e obra em nossas vidas, todas as demais coisas perdem valor e importância, pois entendemos que tudo é temporário e tudo é meio para revelarmos o Reino, manifestarmos a vontade de Deus e não tem um fim em si mesmo. Precisamos compreender que o propósito da nossa vida é revelar o Pai, o Seu reino e Sua vontade ao mundo.

Paulo, escrevendo aos filipenses, capítulo três, do versículo sete ao onze, fala com relação a tudo que tinha e o que deixou para trás e que agora olhava para o que era importante: “No passado, todas essas coisas valiam muito para mim; mas agora, por causa de Cristo, considero que não têm nenhum valor. E não somente essas coisas, mas considero tudo uma completa perda, comparado com aquilo que tem muito mais valor, isto é, conhecer completamente Cristo Jesus, o meu Senhor. Eu joguei tudo fora como se fosse lixo, a fim de poder ganhar a Cristo e estar unido com ele. Eu já não procuro mais ser aceito por Deus por causa da minha obediência à lei. Pois agora é por meio da minha fé em Cristo que eu sou aceito; essa aceitação vem de Deus e se baseia na fé. Tudo o que eu quero é conhecer a Cristo e sentir em mim o poder da sua ressurreição. Quero também tomar parte nos seus sofrimentos e me tornar como ele na sua morte, com a esperança de que eu mesmo seja ressuscitado da morte para a vida.” (Filipenses 3.7–11, NTLHE).

Compreendendo que o importante é conhecermos a Cristo, devemos colocar o nosso novo coração, que recebemos de Deus, que revela a Sua natureza e crucificarmos a natureza humana, para que à medida que caminhamos rumo ao conhecimento e plenitude da Sua expressão, possamos ser a oferta e o motivo da alegria de nosso Deus pelo verdadeiro culto que prestamos a Ele honrando e glorificando o Seu nome.

Precisamos conhecer a Cristo, compreender a Sua obra de salvação em nosso favor, para sermos o instrumento do Pai para levarmos a salvação, a reconciliação a todas as pessoas com quem nos relacionamos, expressando-O em nossas ações.

Anúncios