Se trata da vontade do Pai

Se trata da vontade do Pai

foto por: Marco Ceschi em Unsplash

O reino de Deus não se trata do que queremos, nem de nossas expectativas, muito menos de nossa religiosidade, mas de nos submetermos e vivermos segundo a Sua vontade, revelando o Seu reino, manifestando as Suas virtudes em nossos relacionamentos.

Jesus ensinando em Mateus, capítulo doze, do versículo quarenta e sete ao cinquenta fala com relação a quem são os Seus familiares: “E alguém lhe disse: Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem falar-te. Porém ele respondeu ao que lhe trouxera o aviso: Quem é minha mãe e quem são meus irmãos? E, estendendo a mão para os discípulos, disse: Eis minha mãe e meus irmãos. Porque qualquer que fizer a vontade de meu Pai celeste, esse é meu irmão, irmã e mãe.” (Mateus 12.47–50, BEARA).

Temos que compreender que Ele não estava desprezando os Seus, pois os honrou até o final, mas o que temos que entender que o que importa de fato, o que conta para a eternidade é a obediência, o nos sujeitarmos à vontade de Deus, para sermos instrumentos para a Sua glória.

Somos família, quando compreendemos o cuidado que temos que ter uns com os outros, e principalmente, quando entendemos que vivemos a família de Deus, nos submetendo à vontade do Pai, fazendo o Seu querer e expressando as Suas virtudes, isto é, revelando os valores eternos do reino às pessoas.

Anúncios