Poderia não fazer a vontade do Pai

Poderia não fazer a vontade do Pai

foto por: Henry Dick em Unsplash

Temos um ensino de Jesus no evangelho de João, capítulo dezoito, versículos dez e onze, sobre a decisão do Senhor de fazer a vontade do Pai:

“ Aí Simão Pedro tirou a espada, atacou um empregado do Grande Sacerdote e cortou a orelha direita dele. O nome do empregado era Malco. Mas Jesus disse a Pedro: — Guarde a sua espada! Por acaso você pensa que eu não vou beber o cálice de sofrimento que o Pai me deu?” (João 18.10–11, NTLHE)

Como Cristo, sabendo que poderia usar dos recursos que dispunha para se livrar do sofrimento que iria passar e não o fez, estamos dispostos a andar segundo esse ensino? Assim como Ele não devemos buscar a nossa vontade, mesmo tendo os meios e condições de nos livrar daquilo que seja a vontade de nosso Deus. Não devemos correr atrás de nossos sonhos e desejos, mas com o nosso Senhor, podemos fazer de nossas vidas oferta em favor da vontade de nosso Deus e Pai, revelando o nosso compromisso e amor com Ele.

Andar na vontade de nosso Deus e Pai significa que não somos escravos de nossos desejos, mas buscamos a transformação do entendimento para prestarmos o verdadeiro culto, fazendo de nossas vidas oferta a Ele para que a Sua vontade se cumpra em nós e através de nós.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLEPODCAST