Não somos iguais, mas devemos empenhar pela unidade

foto por: Jessica Rockowitz em Unsplash

Ao entendermos que não somos iguais, muito pelo contrário, somos diferentes uns dos outros, mas temos um só Senhor, devemos andar de modo digno, nos empenhando pela unidade e pelo crescimento do Corpo, como Paulo nos instrui no capítulo quatro, do versículo sete ao treze, da carta aos Efésios:

E a graça foi concedida a cada um de nós segundo a proporção do dom de Cristo. …. E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo,” (Efésios 4.7–13 RA).

Não nos resta alternativa como filhos, compreendendo o que recebemos e o nosso papel no mundo, devemos nos empenhar pela unidade, entendendo que fomos capacitados para tal, que Ele distribuiu os dons para que o crescimento e amadurecimento de cada um fosse viável por meio das funções concedidas a cada membro do Corpo. Devemos nos comprometer pessoalmente com a vontade do Pai, buscar o Seu conhecimento. Devemos rejeitar as obras das trevas, a forma de viver segundo o pensamento natural e nos revestirmos de Cristo, andarmos conforme a Sua maneira de pensar que revelou o compromisso com o Pai, se fazendo oferta em nosso favor.

Temos que entender que não somos iguais, que não pensamos da mesma maneira, mas devemos nos empenhar pela unidade, em favor da vontade do Pai, para que sendo um no propósito e querer de nosso Deus, possamos proclamar as virtudes Daquele que nos tirou das trevas, e nos colocou no Seu reino, para glorificarmos o Seu nome.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX,SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE