Tendo o que recebemos, não podemos viver diferente

Tendo a consciência da salvação, o entendimento da obra de Deus em nossas vidas e compreendendo que fomos feitos um novo ser, santificados pela obra de Cristo e colocados na presença de Deus, não podemos nos conduzir segundo as paixões que tínhamos quando vivíamos segundo a carne, conforme a maneira de pensar deste mundo, mas devemos santificar o nosso proceder, para revelarmos a obra de Deus e a Sua salvação por meio de nossas vidas, agindo como imitadores de Cristo.