O fundamento de nosso viver

foto por: Simon Berger em Unsplash

Paulo instruindo Timóteo em sua primeira carta, no capítulo dois, afirma do versículo um ao três:

Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador,” (1Timóteo 2.1–3 RA).

O nosso mover deve ser fundamentado em uma vida de oração. Devemos como somos instruídos, orar sem cessar, pois em todo o tempo devemos estar orando ao nosso Deus, não esquecendo de quem somos, de nossa dependência e do reconhecimento que Ele é soberano sobre todas as coisas. Por isso é importante, pedir pelas pessoas à nossa volta, orando pelos revestidos de autoridade e pelos governantes, pois só assim veremos em tudo a soberania e o operar de Deus em cada situação, conduzindo tudo segundo a Sua vontade e não conforme os nossos interesses.

Aprendermos a viver em oração o tempo todo e em todo lugar é que nos conduzirá em toda a vontade do Pai, para sermos instrumentos de justiça e expressão de graça, pois é através da oração que reconhecemos nossa dependência Daquele que nos salvou e nos chamou para vivermos em novidade de vida.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX,SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE