Expressando de onde somos

Jesus falando aos religiosos, afirma no evangelho de João, capítulo oito, versículos vinte e três e vinte e quatro:

E prosseguiu: Vós sois cá de baixo, eu sou lá de cima; vós sois deste mundo, eu deste mundo não sou. Por isso, eu vos disse que morrereis nos vossos pecados; porque, se não crerdes que Eu Sou, morrereis nos vossos pecados.” (João 8.23–24 RA).

Nossa religiosidade não muda a nossa realidade, somente a confirma, pois sendo religiosos ou não, quando estamos na carne, andando segundo a forma de pensar deste mundo, buscando somente os nossos interesses, expressando em nossa ações: egoísmo, arrogância, orgulho, ganância, somente estamos revelando a quem pertencemos e de onde somos. Por outro lado, se a nossa caminhada está no processo de santificação, deixando as obras das trevas, nos despindo da natureza humana e nos revestindo de Cristo, praticando as obras que O revelam ao mundo, então pertencemos ao Pai, somos cidadãos do reino de Deus e andamos na prática da justiça e na expressão das virtudes Daquele que nos tirou das trevas.

As obras que praticamos, as nossas ações e reações revelam de onde somos e a quem pertencemos, como a quem temos servido, pois revelamos nelas a nossa origem e a quem temos nos submetido.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE