Cristo: o Filho de Deus, a Palavra viva

No evangelho de João, capítulo três, do versículo trinta e quatro ao trinta e seis, lemos:

Pois o enviado de Deus fala as palavras dele, porque Deus não dá o Espírito por medida. O Pai ama ao Filho, e todas as coisas tem confiado às suas mãos. Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.” (João 3.34–36 RA).

A vida eterna está em crermos que Cristo é a Palavra viva de Deus que nos dá a vida. Crer não se trata de acreditar, de saber de Sua existência, mas de nos submetermos a Ele, segundo a autoridade que o Pai Lhe confiou para nos resgatar e nos transportar para o Seu reino com o propósito de revelarmos a Sua glória. Em Cristo temos a vida, somos feito um novo ser, recebemos a natureza do Criador, para andarmos neste mundo na verdade, revelando a Sua vontade e sendo instrumentos e expressão da Sua glória. Nele, em Cristo, temos a verdadeira vida, Nele andamos na Sua vontade e não somos rebeldes, mas caminhamos para a maturidade, nos esvaziando da natureza humana e nos revestindo de Cristo. Somos rebeldes quando insistimos em andar como a maneira deste mundo e não santificamos nosso proceder.

Cristo é o Filho de Deus, a Palavra viva, que nos dá vida e nos conduz para maturidade, para rejeitarmos as paixões humanas e andarmos na vontade de Deus, sendo Sua expressão e enchendo a terra com o conhecimento da Sua glória.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE