Pode parecer, mas não perdurará

Jesus ensinando no evangelho de Marcos, capítulo treze, versículos um e dois, anuncia a destruição do templo, embora os discípulos chamem a Sua atenção para o edifício, como podemos ler:

Ao sair Jesus do templo, disse-lhe um de seus discípulos: Mestre! Que pedras, que construções! Mas Jesus lhe disse: Vês estas grandes construções? Não ficará pedra sobre pedra, que não seja derribada.” (Marcos 13.1–2 RA).

Temos que entender que muitas vezes podemos ter uma percepção equivocada das coisas que parecem duradouras e concretas, mas, não são! São temporárias, serão destruídas e não tem valor algum quanto a eternidade. Assim como o templo foi destruído alguns anos depois, assim, as coisas que são deste mundo que focamos, onde colocamos o nosso coração, considerando-as importantes, não são e serão destruídas ou se perderão. Temos que trabalhar pelo eterno, investir nos valores do reino de Deus, no empenho em fazer a vontade do Senhor conhecida, por isso, buscar o reino de Deus em primeiro lugar não é uma opção, mas o único caminho para a construção dos valores que permanecerão eternamente.

Podemos até pensar que as coisas desta vida são importantes, focar nelas, mas elas não são eternas, precisamos trabalhar em favor do que é eterno, que perdura, pois somos chamados para revelar o que é eterno neste mundo.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE