Confiar na natureza humana

Confiar na natureza humana

foto por: Sincerely Media em Unsplash

No evangelho de João, capítulo dois, versículos vinte e quatro e vinte e cinco, podemos ler sobre o quanto Jesus confiava nos homens:

“Mas Jesus não confiava neles, pois os conhecia muito bem. E ninguém precisava falar com ele sobre qualquer pessoa, pois ele sabia o que cada pessoa pensava.” (João 2.24–25, NTLHE).

Assim como Cristo não esperava nada das pessoas, pois não pode haver confiança nas atitudes da natureza humana, pois cada um faz o que lhe convém e atende aos próprios interesses, precisamos entender que devemos andar como Cristo. Temos e precisamos fazer as coisas para as pessoas, pois elas precisam ter o entendimento iluminado, mas não podemos esperar e nem confiar nelas, pois é normal que ajam e reajam segundo o interesse próprio.

Que possamos como Cristo, fazer de nossas vidas, oferta em favor das pessoas para que conheçam ao Pai, mas não podemos confiar nelas esperando que irão responder segundo o nosso entendimento.

Ouça completo no agregador de podcast de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLEPODCAST