Cumprindo a vontade de Deus

Cumprindo a vontade de Deus

foto por: CC0. When doing composings: em Pixabay

Em Atos, capítulo vinte e cinco, versículo doze, podemos ler:

“ Então Festo, depois de conversar com os seus conselheiros, disse: — Já que você apelou para o Imperador, então irá para o Imperador.” (Atos dos Apóstolos 25.12, NTLHE).

O governador Festo não sabia que estava respondendo à vontade de Deus, pois ele poderia ter tomado outra decisão, mas fez o que era do querer e do plano estabelecido quanto a vida de Paulo. Sua ida para Roma, e principalmente, estava cumprindo o que lhe fora designado, pois nisto tudo estava testemunhando a governadores e reis.

Não precisamos temer quando estamos sujeitos à vontade de Deus, pois tudo contribui para realizarmos o que seja do Seu querer, pode ser que não ocorra como planejamos ou gostaríamos, mas iremos realizar o plano e a vontade do Criador. Caso Paulo não estivesse preso, não iria testemunhar sobre as boas novas do evangelho perante reis.

Não importa como e o quê precisamos entender. Quando nos sujeitamos ao Pai, para fazer a Sua vontade, tudo será conduzido no processo de cumprirmos o Seu querer.