Não podemos desistir

Não podemos desistir

foto por:  Sincerely Media em  Unsplash

O autor da carta aos Hebreus, no capítulo doze, versículos um e dois, nos chama para fazermos a jornada, para não desistirmos:

Assim nós temos essa grande multidão de testemunhas ao nosso redor. Portanto, deixemos de lado tudo o que nos atrapalha e o pecado que se agarra firmemente em nós e continuemos a correr, sem desanimar, a corrida marcada para nós.  Conservemos os nossos olhos fixos em Jesus, pois é por meio dele que a nossa fé começa, e é ele quem a aperfeiçoa. Ele não deixou que a cruz fizesse com que ele desistisse. Pelo contrário, por causa da alegria que lhe foi prometida, ele não se importou com a humilhação de morrer na cruz e agora está sentado do lado direito do trono de Deus.” (Hebreus 12.1-2, NTLHE).

Temos uma jornada, um alvo a buscar, pois somos chamados para revelarmos Cristo de forma plena, santificando o proceder, agindo como Ele, sendo Seus imitadores e para isso, devemos nos desvencilhar de tudo que nos impede de alcançar o alvo, pois somos filhos de Deus para revelá-Lo ao mundo, agindo com justiça e expressando as Suas virtudes em nossos relacionamentos.

Não se trata de uma opção, mas expressão e compromisso de quem somos em Deus, pois fomos criados à imagem de Cristo para sermos sal da terra e luz neste mundo, mas se permanecemos presos ao pecado, se não corremos a carreira proposta não teremos como cumprir o propósito que Deus estabeleceu para nós, por isso não podemos desistir dessa jornada.

Temos uma jornada para cumprir e não podemos desistir pelo assédio do pecado que tenta nos dominar, mas precisamos nos despojar da velha natureza e nos revestirmos de Cristo Jesus.