Aliança da graça antes da lei

Aliança da graça antes da lei

foto por: Bailey Starner em Unsplash

Estamos equivocados quando pensamos que a aliança referente a lei foi estabelecida antes da revelação da graça de Deus, pois de fato, a graça se manifestou antes mesmo da lei, e a promessa em Cristo foi antes do estabelecimento da lei. Foi através da promessa dada a Abraão que temos o cumprimento da graça de Deus.

Quando Paulo escreveu aos Gálatas, capítulo três, versículos dezesseis e dezessete, afirma: “Ora, as promessas foram feitas a Abraão e ao seu descendente. Não diz: E aos descendentes, como se falando de muitos, porém como de um só: E ao teu descendente, que é Cristo. E digo isto: uma aliança já anteriormente confirmada por Deus, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a pode ab-rogar, de forma que venha a desfazer a promessa.” (Gálatas 3.16–17, BEARA).

A graça é de Deus revelada em Cristo que nos traz o entendimento de todo amor de Deus, pois Ele foi a Sua expressão visível e Quem revelou o Pai a nós, e tudo isso, mediante a Sua graça que cumpriu a promessa de uma aliança que abençoaria a todas as nações da terra. Deus mostrou o Seu amor a nós, quando entregou o Seu filho. E esta decisão foi antes mesmo da fundação do mundo.

Por isso não podemos ter dúvidas que a aliança da graça é anterior a estabelecida na lei que tem o propósito de revelar o pecado para que possamos compreender que a única forma de vivermos o reino de Deus é por meio da Sua graça revelada em Cristo.