A falta de conhecimento de Deus é uma vergonha

A falta de conhecimento de Deus é uma vergonha

foto por: Jill Dimond em Unsplash

Somos chamados à justiça, a compreendermos quem somos com base no conhecimento que temos de Deus e Sua vontade, para sermos Suas testemunhas, para proclamarmos as Suas virtudes às pessoas. Mas, se não temos do Seu conhecimento e nem de Sua vontade não seremos capazes de cumprir o nosso propósito e isso é para a nossa vergonha, pois somente nós podemos nos impedir de conhecer nosso Deus e Pai.

Paulo fala sobre esta questão na primeira carta aos Coríntios, capítulo quinze, nos versículos trinta e três e trinta e quatro, como podemos ler: “Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes. Tornai-vos à sobriedade, como é justo, e não pequeis; porque alguns ainda não têm conhecimento de Deus; isto digo para vergonha vossa.” (1Coríntios 15.33–34, BEARA).

Qual a nossa situação? Temos crescido em Deus, tido o Seu conhecimento e vontade? Ou o que temos feito é permanecidos inertes ao longo de nossa jornada sem revelarmos qualquer processo de transformação e compreensão da vontade de Deus?

Conhecê-Lo ou não, não é uma questão que dependa de terceiros e nem é responsabilidade deles, mas nossa, unicamente nossa, pois se não nos comprometermos com o Pai e não nos empenharmos em conhecê-Lo, não experimentaremos da verdadeira vida, não alcançaremos a plenitude de tudo que Ele planejou para nós. Temos e precisamos ser comprometidos e zelosos na busca deste conhecimento para podermos ser oferta em favor das pessoas, por isso, se não temos crescido e nem O conhecido, é uma vergonha para nós e somente revela a nossa falta de compromisso com Ele e Sua vontade.