A diligência no cumprir do plano

A diligência no cumprir do plano

foto por: Kong Jun em Unsplash

Tendo Paulo chegado a Roma, ele não agiu com procrastinação, mas diligentemente se pôs a realizar a vontade do Pai e cumprir o Seu plano, pois de imediato, após se estabelecer, convocou os judeus para anunciar-lhes a mensagem.

Em atos, capítulo vinte e oito, versículos dezessete e dezoito, temos: “Três dias depois, ele convocou os principais dos judeus e, quando se reuniram, lhes disse: Varões irmãos, nada havendo feito contra o povo ou contra os costumes paternos, contudo, vim preso desde Jerusalém, entregue nas mãos dos romanos; os quais, havendo-me interrogado, quiseram soltar-me sob a preliminar de não haver em mim nenhum crime passível de morte.” (Atos dos Apóstolos 28.17–18, BEARA).

Precisamos aprender com Paulo e sermos diligentes no realizar da vontade de nosso Deus, cumprindo o plano que Ele estabelece para nós quanto a anunciar e revelar o reino neste mundo. Não podemos ser procrastinadores, mas diligentes no realizar e no cumprir da vontade do Pai para que Ele possa ser conhecido e compreendido quanto à Sua vontade e assim, as pessoas tendo o entendimento iluminado, possam se submeter a Ele e a Sua vontade.