Independente de qualquer coisa, a palavra cresce

Independente de qualquer coisa, a palavra cresce

foto por:  Mohamad Zaheri em Unsplash

Depois da paz que houve após a tribulação que sobreveio a Estevão, Herodes inicia um processo de perseguição que politicamente estava agradando aos judeus. Esta perseguição levou à morte alguns irmãos e, também, à prisão de Pedro e que seria apresentado ao povo após a páscoa e depois seria morto.

No último dia, antes da apresentação veio um anjo da parte do Senhor e o livrou das cadeias. Ele somente percebeu que não era uma visão quando o anjo o deixou e ele estava no meio da rua, mas, mesmo assim a palavra se multiplicava e crescia em toda aquela região. Barnabé e Saulo, tinham ido à Judeia levar a ajuda dos irmãos de Antioquia e voltaram com João que os acompanharia na viagem missionária.

Quanto ao crescimento da Palavra, podemos ler em Atos no capítulo doze, do versículo vinte e quatro ao vinte e cinco: “Entretanto, a palavra do Senhor crescia e se multiplicava. Barnabé e Saulo, cumprida a sua missão, voltaram de Jerusalém,levando também consigo a João, apelidado Marcos. ” (Atos dos Apóstolos 12.24–25, BEARA).

Não podemos nos prender às circunstâncias e nem às coisas que nos sobrevém que não compreendemos, mas precisamos entender que a vontade soberana de Deus nos conduz em todo processo, levando-nos à maturidade e a sermos a oferta, como Seu Filho, por isso a Palavra sempre irá crescer e multiplicar, levando todos à Sua justiça pois é nosso papel, independente das circunstâncias, revelá-la e fazê-la conhecida de todos, em todos os tempos e lugares.

Anúncios