Quebrando paradigmas

Quebrando paradigmas

foto por:   Marcelo Cidrack em Unsplash

A conversão de Cornélios e todos de sua casa foi para Pedro e para os demais irmãos uma quebra de paradigma, pois até então, o evangelho e Cristo tinha vindo somente para eles, mas Deus mostrou que não, pois em Cristo temos o resgate da promessa feita a Abraão, que por meio dele todas as famílias da terra seriam abençoadas.

Pedro chegando na casa de Cornélios testemunha sobre Cristo e o que Lhe sucedeu enquanto falava, estas pessoas receberam o Espírito Santo, como podemos ler em Atos, capítulo dez, do versículo quarenta e três ao quarenta e oito: “Dele todos os profetas dão testemunho de que, por meio de seu nome, todo aquele que nele crê recebe remissão de pecados. Ainda Pedro falava estas coisas quando caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. E os fiéis que eram da circuncisão, que vieram com Pedro, admiraram-se, porque também sobre os gentios foi derramado o dom do Espírito Santo; pois os ouviam falando em línguas e engrandecendo a Deus. Então, perguntou Pedro: Porventura, pode alguém recusar a água, para que não sejam batizados estes que, assim como nós, receberam o Espírito Santo? E ordenou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Então, lhe pediram que permanecesse com eles por alguns dias.” (Atos dos Apóstolos 10.43–48, BEARA).

Precisamos compreender que vivermos o reino de Deus trata se muitas vezes, de quebra de paradigmas religiosos que impomos para nós mesmos e que nos impedem de ver o operar do Pai na Sua plenitude. Precisamos estar abertos para o quê e como Ele está fazendo, independente de para quem, por meio de quem e de que forma, pois Ele se revela na Sua multiforme sabedoria a todos por meio da Sua família.

Anúncios