Havemos de esperar outro?

Havemos de esperar outro?

foto por: Jordan McQueen em Unsplash

Eis uma questão muito simples que precisamos responder, pois não há nenhum outro entre os homens, designado por Deus, que possa nos conduzir ao conhecimento do Pai, pois Jesus foi designado como Senhor e Salvador e é o único caminho.

João quis saber se Jesus era o Messias ou se deveriam esperar outro, como podemos ler em Mateus no capítulo onze do versículo três ao cinco: “Quando João ouviu, no cárcere, falar das obras de Cristo, mandou por seus discípulos perguntar-lhe: És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro?  E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide e anunciai a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres está sendo pregado o evangelho.” (Mateus 11.3–5, BEARA).

João tinha a expectativa do Messias que iria restaurar o reino de Israel, libertando-o do domínio romano, mas o que Jesus lhe mostra em Sua resposta? Ele estava cumprindo o propósito do Pai, estava revelando e manifestando o reino, estava cumprindo as Escrituras e era algo mais amplo que simplesmente a restauração e libertação do reino de Israel, mas Ele é a expressão visível do Deus invisível, o revelar do reino de forma visível entre os homens e que aqueles que reconhecem a sua miserabilidade e dependência completa diante da Sua graça,  participam dela, por isso, temos que entender que não temos que esperar outro, mas nos sujeitarmos a Cristo.

Anúncios