Ver ao Senhor

Ver ao Senhor

foto por: Elsa Tornabene em Unsplash

Nossa vida se trata de conhecermos Deus, o Pai, e ao Senhor Jesus, para que compreendamos a vida eterna segundo a Sua perspectiva e que não se trata de religiosidade, mas de uma vida que O revela e manifesta ao mundo pela maneira como vivemos.

Na carta aos hebreus, capítulo doze, do versículo quatorze ao dezesseis, podemos ler: “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor, atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados; nem haja algum impuro ou profano, como foi Esaú, o qual, por um repasto, vendeu o seu direito de primogenitura.” (Hebreus 12.14–16, BEARA).

Precisamos nos santificar, pois sem ela não será possível que vejam o nosso Deus em nós. Andarmos neste mundo segundo as paixões humanas, somente revelaremos a natureza que não expressam o nosso Senhor, como não cumpriremos a nossa vocação e nem seremos expressão das virtudes do Pai.

A santificação nos conduz a agirmos como o nosso Deus e não a sermos escravos de nossas paixões, pois expressaremos a natureza humana e o máximo que conseguiremos é sermos religiosos, olhando tudo na perspectiva de serviço e não como oferta, como culto que agrada a Deus. Santificamos para que o nosso Deus seja visto pelo mundo, para que as pessoas que nos rodeiam possam ver o Pai e a Sua vontade expressa e revelada em nossas vidas.

Anúncios