Fazer tudo com decência e ordem

Paulo ensinando sobre como devemos nos portar nas reuniões, afirma no capítulo quatorze, versículos trinta e nove e quarenta:

Portanto, meus irmãos, procurai com zelo o dom de profetizar e não proibais o falar em outras línguas. Tudo, porém, seja feito com decência e ordem.” (1Coríntios 14.39–40 RA).

Quando compreendemos o propósito das reuniões, ou seja, o motivo de nos reunirmos, começamos a andar segundo a vontade de Deus, pois a reunião não é para prestarmos um serviço a Deus no sentido de ser um momento para cultuar, mas, para aprendermos, conhecermos e compreendermos como devemos viver neste mundo, para que prestemos o verdadeiro culto a Ele que está relacionado a ofertarmos as nossas vidas. Por isso, o momento da reunião é um tempo que para aprendermos e conhecermos, precisamos fazer de forma ordenada, como ele instrui nesta parte da carta: devemos buscar o dom de profetizar para edificação da igreja, não devemos impedir que as pessoas orem em línguas, mas deve ter alguém que interprete para o aperfeiçoamento, por isso tudo precisa ser feito de forma organizada.

O fundamental das reuniões que realizamos é que haja decência e ordem no processo, isto é, na liturgia, para que haja edificação da igreja e amadurecimento para que ela possa desempenhar no mundo o seu papel, como designado por nosso Deus.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE