Autoridade para testemunhar

Autoridade para testemunhar

foto por: Gary Scott em Unsplash

 

Jesus ensinando, antes de Sua ascensão, em Atos, capítulo 1, versículos quatro e cinco afirma:

“ Um dia, quando estava com os apóstolos, Jesus deu esta ordem: — Fiquem em Jerusalém e esperem até que o Pai lhes dê o que prometeu, conforme eu disse a vocês. Pois, de fato, João batizou com água, mas daqui a poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo.” (Atos dos Apóstolos 1.4–5, NTLHE).

E depois Ele afirma no versículo oito:

 “ Porém, quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria e até nos lugares mais distantes da terra.” (Atos dos Apóstolos 1.8, NTLHE).

Temos uma missão, uma responsabilidade e fazemos debaixo da autoridade que recebemos para testemunhar, não só à nossa volta, não só na nossa cidade, mas também por toda a região, por toda a nação e em todo o mundo.

A autoridade não é para proclamarmos sobre uma religião, mas revelarmos o reino de Deus, sermos testemunhas vivas de Cristo, manifestarmos o Pai ao mundo andando segundo Suas  virtudes.