Restauração da verdadeira adoração

A restauração da verdadeira adoração

foto por: Ben Klea em Unsplash

Do que se trata a verdadeira adoração? O que é o culto a Deus? Tabernáculo é o local de habitação de Deus. E sabemos da promessa de restaurar o tabernáculo caído de Davi, mas a que se está referindo estas palavras? Se não compreendermos do que se trata o culto, se não entendermos onde Deus habita, então agiremos segundo pensamentos religiosos e não compreenderemos o nosso papel na Sua vontade.

Em Atos, capítulo quinze, do versículo dezesseis ao dezoito, podemos ler sobre o testemunho de Tiago quanto à questão se deveriam ou não os gentios guardar a lei de Moisés, especificamente circuncidar como condição para a salvação, mas lembra as palavras proferida pelo profeta: “Cumpridas estas coisas, voltarei e reedificarei o tabernáculo caído de Davi; e, levantando-o de suas ruínas, restaurá-lo-ei. Para que os demais homens busquem o Senhor, e também todos os gentios sobre os quais tem sido invocado o meu nome, diz o Senhor, que faz estas coisas conhecidas desde séculos.” (Atos dos Apóstolos 15.16–18, BEARA).

O templo de Deus não está em prédios, mas no entendimento que somos nós, como Pedro falou, pedras vivas deste templo que Ele está construindo para a Sua habitação, mas temos que entender além disto, precisamos compreender o que seja o verdadeiro culto a Ele, pois não se trata do serviço religioso que prestamos em um determinado local, mas, em como ofertamos a nossa vida, para realizar e cumprir a vontade do Pai, pois como Paulo nos lembra na carta aos romanos que o verdadeiro culto com entendimento está em ofertamos nossos membros a Deus em favor das pessoas para que conheçam a Sua vontade.

Que possamos nos empenhar em conhecer e compreender a vontade do Pai para que a verdadeira adoração seja restaurada na vida da Igreja: o templo que Deus está construindo para Sua expressão no mundo.