Somos servos de Cristo, não senhores

Paulo fala em sua primeira carta aos irmãos de Corinto, no capítulo quatro, versículos um e dois, sobre a sua responsabilidade e o seu papel:

Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora, além disso, o que se requer dos despenseiros é que cada um deles seja encontrado fiel.” (1Coríntios 4.1–2 RA).

Temos que entender que não somos senhores de Cristo, mas Seus servos, os mordomos responsáveis por administrar e servir a Sua obra, cumprindo a Sua vontade. Sermos encontrados fiéis e entendermos que não somos donos das pessoas, mas, como tutores, responsáveis pelo crescimento, amadurecimento e pelo levar o entendimento a todos que nos são confiados, como conservos. Temos a responsabilidade de levar todos à Cristo, a andar segundo e o exemplo e modelo oferecido por Ele, e como aprendemos, devemos ser exemplos para que as nossas palavras, expressem a autoridade e o conhecimento de quem nos tirou das trevas para revelar a glória de Deus.

Não somos senhores, mas servos de Cristo com a responsabilidade de conduzir todos os filhos de Deus que nos são confiados a conhecer e compreender a vontade do Pai, sendo exemplo e testemunhas da Sua vontade neste mundo, revelando os valores eternos do reino de Deus.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE