Resistindo ao Espírito

Resistindo ao Espírito

foto por: Kristaps Ungurs em Unsplash

Em Atos, capítulo sete, do versículo cinquenta e um ao cinquenta e três, lemos sobre o testemunho de Estevão diante do Sinédrio e ele faz uma afirmação dura para os religiosos:

Homens de dura cerviz e incircuncisos de coração e de ouvidos, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim como fizeram vossos pais, também vós o fazeis. Qual dos profetas vossos pais não perseguiram? Eles mataram os que anteriormente anunciavam a vinda do Justo, do qual vós agora vos tornastes traidores e assassinos, vós que recebestes a lei por ministério de anjos e não a guardastes.” (Atos dos Apóstolos 7.51–53 RA).

Deus tem nos falado por meio de Sua palavra, usado os Seus profetas, revelado a Sua vontade, mas, continuamos a resistir ao que o Espírito nos fala, não ouvimos e não nos submetemos à palavra proferida, insistimos em nossa religiosidade e em preservar os nossos interesses, diante de nossa religiosidade. Não se trata de religião, mas de conhecer, compreender e de se submeter à vontade Daquele que nos salva por Sua graça, por meio da obra que Cristo realizou na cruz para vivermos em novidade de vida.

Não podemos resistir ao Espírito, querendo continuar na nossa religiosidade, mas devemos nos submeter à vontade de Deus, buscando o Seu conhecimento e sendo instrumentos e expressão da Sua justiça, pois fomos chamados, para imitarmos Cristo e revelarmos o Pai ao mundo.

Ouça a mensagem compelta no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE