Nossa âncora firmada em Cristo

foto por: Kameron Kincade em Unsplash

Na carta aos Hebreus, o autor no capítulo seis, do versículo dezoito ao vinte, afirma sobre onde temos a nossa esperança firmada:

para que, mediante duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, forte alento tenhamos nós que já corremos para o refúgio, a fim de lançar mão da esperança proposta; a qual temos por âncora da alma, segura e firme e que penetra além do véu, onde Jesus, como precursor, entrou por nós, tendo-se tornado sumo sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.” (Hebreus 6.18–20, RA).

Nossa esperança, nossa salvação, não está firmada em coisas mutáveis, mas firmadas em Cristo que entrou na presença de Deus e nos colocou junto Dele por meio da Sua obra na cruz em nosso favor. Não se trata de nosso merecimento e nem nosso esforço, mas unicamente graça e amor revelados por Cristo, para que firmados Nele, o nosso sumo sacerdote, pudéssemos não só entrar, mas também, permanecer na presença de nosso Deus e Pai.

Não temos outra esperança que não a depositada em Cristo que nos comprou para o Pai e nos colocou em Sua presença, para que andando na verdade, possamos revelar e encher a terra com o conhecimento de Sua glória, vivendo como filhos e expressando os valores eternos do Seu reino no mundo.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE