O quanto dedicamos?

O quanto dedicamos?

foto por: Jess Barnett em Unsplash

No evangelho de Marcos, capítulo três, versículos vinte e vinte e um, lemos:

“Quando Jesus foi para casa, uma grande multidão se ajuntou de novo, e era tanta gente, que ele e os discípulos não tinham tempo nem para comer. Os parentes de Jesus souberam disso e foram buscá-lo porque algumas pessoas estavam dizendo que ele estava louco.” (Marcos 3.20–21, NTLHE).

Quando observamos este versículo, podemos compreender o quanto estavam comprometidos com o que estavam fazendo, o nível da dedicação e preocupação na libertação e cura das pessoas. E nós?  O quanto estamos dispostos a nos sacrificarmos em favor de pessoas?

O reino de Deus se trata do nosso compromisso em salvar, trazer entendimento, libertar as pessoas de sua escravidão. Estamos prontos e comprometidos com Deus e com o Seu propósito? Precisamos expressar a nossa gratidão e o nosso compromisso, como Cristo: com a vontade do Pai.

Revelamos a nossa dedicação no comprometimento com as pessoas e no nosso empenho e disponibilidade em sermos luz para que elas possam conhecer a libertação concedida por nosso Deus.

Ouça completo no Spotfy e também em: Deezer, GooglePodCast ou CastBox