Conversão e dependência

Conversão e dependência

foto por: Jonathan Borba em Unsplash

Jesus ensinando sobre quem é o maior e como deve viver em Mateus, capítulo dezoito, do versículo um ao quatro, afirma:

“Naquele momento os discípulos chegaram perto de Jesus e perguntaram: — Quem é o mais importante no Reino do Céu? Jesus chamou uma criança, colocou-a na frente deles e disse: — Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não mudarem de vida e não ficarem iguais às crianças, nunca entrarão no Reino do CéuA pessoa mais importante no Reino do Céu é aquela que se humilha e fica igual a esta criança.” (Mateus 18.1–4, NTLHE).

O que aprendemos sobre essas palavras de Cristo? É que precisa haver uma conversão, o reconhecimento que dependemos totalmente e completamente de Deus e que portanto, precisamos nos submeter a Ele, reconhecendo que tudo de bom que possamos fazer, procede Dele.

Não tem como vivermos o reino de Deus se não nos submetermos a Ele e vivermos a Sua vontade, e se não houver em nós um coração humilde que reconhece a nossa completa dependência, pois somente Ele nos concede tudo que precisamos para viver a Sua vontade.

Viver o reino é sermos como crianças, totalmente voltados para o Pai, completamente dependentes Dele, pois é Dele que procede a vida.

Caminhar na Graça · Conversão e dependência