A inveja nos torna cegos

A inveja nos torna cegos

foto por: Daniel James em Unsplash

Traímos até mesmos as nossas crenças e valores quando nos deixamos ser dominados pela inveja, pois somos capazes de fazer qualquer coisa, quando deixamos a natureza humana nos dominar para preservar o que está em nosso poder e a autoridade que temos.

Os judeus, quando movidos pela inveja, traíram a suas próprias crenças para que Paulo fosse perseguido. Podemos ler sobre isso em Atos, capítulo dezessete, versículo cinco: “Mas os judeus ficaram com inveja. Eles foram buscar alguns homens maus entre os malandros das ruas e formaram um grupo de desordeiros. Estes fizeram muita confusão na cidade e atacaram a casa de Jasão, procurando Paulo e Silas a fim de os levar para o meio do povo.” (Atos dos Apóstolos 17.5, NTLHE).

Eles poderiam ter se convertido ao evangelho? Provavelmente sim, se tivessem verificado nas Escrituras sobre o que Paulo estava anunciando, mas o que eles fizeram? Deixaram os valores judaicos de lado e com o medo de perder a influência sobre as pessoas, movidos pela inveja, traíram a sua religião e suas crenças. Não podemos nos tornar cegos diante das situações, mas devemos sempre analisar o que ouvimos à luz das Escrituras para não agirmos contra ela.