Um exemplo em favor da vontade de Deus

Um exemplo em favor da vontade de Deus

foto por: Max LaRochelle em Unsplash

Temos nas Escrituras, diferentes exemplos de oferta em favor da vontade de Deus, de sacrifício como Cristo realizou para que o querer e a vontade do Pai pudessem ser cumpridas em nosso favor e Maria também é este exemplo de abnegação e de compromisso com Deus mesmo diante de todo o risco que corria de ser apedrejada.

A concepção de Cristo, foi um operar do Espírito, como podemos ler em Lucas, capítulo um, versículo trinta e quatro e trinta e cinco: “Então, disse Maria ao anjo: Como será isto, pois não tenho relação com homem algum? Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus.” (Lucas 1.34–35, BEARA). E o anjo complementa no versículo trinta e sete: “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.” (Lucas 1.37, BEARA).

Tendo ouvido tudo isso, qual foi a postura de Maria, diante de uma gravidez antes do casamento consumado, já que segundo a lei, poderia ser apedrejada? Sua atitude é revelada no versículo trinta e oito:

Então, disse Maria: Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra. E o anjo se ausentou dela.” (Lucas 1.38, BEARA).

Quantos de nós diante do risco, das dificuldades nos colocamos como oferta à vontade de Deus e não no interesse de nos salvar? Que possamos aprender com o exemplo de Maria e aprendermos, na nossa jornada de conhecimento Dele, sermos o sacrifício em favor do Seu querer para que a Sua vontade se cumpra em nós e através de nós.