Não é uma opção

Não é uma opção

foto por: Houston Ray em Unsplash

Temos que compreender que o ensino do Senhor é claro e que não está carregado de opções. Ele não nos trata como servos, e sim, como amigos, pois nos deu a conhecer a vontade do Pai. O seu desejo é que possamos ir, isto é, viver a vida segundo essa vontade e que produzamos muitos frutos, amando como Ele.

Jesus fala sobre isso em João, no capítulo quinze, do versículo quatorze até o dezessete: “Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.  Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros.”.

Temos que compreender no contexto de Deus e Sua vontade, pois não se trata de cuidarmos dos nossos interesses, mas da salvação, a obra que Ele realizou em nossas vidas, quem somos no Seu plano e andarmos neste mundo segundo ele e conforme a Sua vontade para produzirmos os frutos que temos que gerar.

Viver a vida cristã segundo a vontade de Deus não se trata de uma opção, mas expressão natural de um compromisso com o Pai e a Sua vontade, assim como fez o nosso Senhor, Jesus Cristo.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s