Tristeza que leva ao arrependimento

Precisamos sempre, diante do pecado, manifestar a tristeza que conduz ao arrependimento e  não a morte, pois quando queremos preservar a nós mesmos, ou reduzir o dano, estamos agindo segundo o pensamento natural