Amamos porque fazemos a Sua vontade

Amamos porque fazemos Sua vontade

foto por: Gaetan Meyer em Unsplash

Revelamos o conhecimento de Deus não pela prática de rituais, regras, obediência a dogmas e ensinos que incentivam a aparência, mas pelo simples fato de andarmos na Sua vontade, isto é, por praticamos os Seus mandamentos, devido ao entendimento e compreensão de quem somos, o que recebemos e como devemos viver neste mundo, pois é o nosso propósito revelar o nosso Deus e Pai a todos, seguindo o exemplo e modelo estabelecido por Cristo, o Senhor.

João em sua primeira carta, capítulo cinco, do versículo dois ao cinco afirma: “Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus: quando amamos a Deus e praticamos os seus mandamentos. Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; ora, os seus mandamentos não são penosos, porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus?” (1João 5.2–5, BEARA).

Praticar os mandamentos é andarmos segundo a lei do amor, pois este foi o mandamento que Jesus nos deixou, que amemos uns aos outros como Ele nos amou, pois o Seu amor se revelou na oferta que fez em nosso favor, sendo nós ainda pecadores. Revelamos o Seu amor quando amamos as pessoas, quando nos empenhamos em tudo para que Cristo seja visto em nós por meio de nossas ações.

Quando praticamos o amor de Deus não fazemos mal ao próximo, pois quem ama como Ele não faz mal a ninguém e no amor está o cumprir de todos os mandamentos. É a única maneira que temos de revelar o nosso Deus e Pai ao mundo.