Não podemos deixar de falar

“Mas Pedro e João lhes responderam: Julgai se é justo diante de Deus ouvir-vos antes a vós outros do que a Deus; pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos. Depois, ameaçando-os mais ainda, os soltaram, não tendo achado como os castigar, por causa do povo, porque todos glorificavam a Deus pelo que acontecera. Ora, tinha mais de quarenta anos aquele em quem se operara essa cura milagrosa.” (Atos dos Apóstolos 4.19–22 RA)

Há certas coisas incontestáveis e precisamos viver alinhados com o que cremos e conhecemos, pois o nosso viver e o que temos que fazer não estão vinculados ao mundo e nem à sua forma de pensar. Temos e precisamos da ousadia de Pedro e João diante do sinédrio, pois mesmo correndo o risco de sofrerem o dano, declaram de forma clara que não poderiam deixar de falar do que tinham visto e ouvido. Assim como eles precisamos ter a mesma ousadia, pois temos que revelar e proclamar ao mundo o que Deus tem nos dado a conhecer.