Não se trata do nosso desejos, mas de dependência

Nossa vida e as obras que realizamos não dependem do nosso esforço e nem mérito nosso, mas de reconhecermos que dependemos inteiramente do poder e autoridade que recebemos para fazermos as obras de Deus.