Somos santuário de Deus para a Sua glória

Somos santuários de Deus para Sua glória

foto por: Benjamin Lizardo em Unsplash

Entendermos que fomos comprados por um alto preço, que somos propriedade de Deus, povo santo, isto é separado para vivermos neste mundo como Seus filhos e que somos Seu santuário, precisamos santificar o nosso proceder para que o Pai seja conhecido e não desprezemos a obra que Ele realizou.

Paulo escrevendo aos irmãos, afirma no capítulo três, do versículo um ao três sobre a imaturidade deles: “Eu, porém, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, e sim como a carnais, como a crianças em Cristo. Leite vos dei a beber, não vos dei alimento sólido; porque ainda não podíeis suportá-lo. Nem ainda agora podeis, porque ainda sois carnais. Porquanto, havendo entre vós ciúmes e contendas, não é assim que sois carnais e andais segundo o homem?” (1Coríntios 3.1–3, BEARA).

Andar segundo o pensamento natural, agirmos como pessoas naturais na realidade nos conduzimos para destruirmos a obra de Deus e desprezarmos o que Ele fez e que precisamos santificar para que Ele seja conhecido. Somos pedras vivas do Seu templo, o local de Sua morada.

Paulo falando sobre o santuário afirma que não o podemos destruir, como está nos versículos dezesseis e dezessete: “Não sabeis que sois santuáriode Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado.” (1Coríntios 3.16–17, BEARA).

Quando não vivemos segundo a vontade de Deus, não andamos em comunhão, não congregamos, na realidade estamos andando em direção contrária ao que o Pai deseja. Quando fazemos assim estamos destruindo e rejeitando toda a obra de Deus. Somos Seu templo, Sua morada, local onde o Espírito Santo habita e temos portanto que amadurecer para compreendermos Sua vontade e andarmos nela e não conforme os nossos desejos.

Anúncios