Conduzindo o povo de Deus

Pedro se dirigindo aos líderes consagrados das igrejas, determina como devem conduzir o rebanho de Deus, o Seu povo. Ele afirma que não se trata de dominar, constranger, mandar, nem de quanto vão ganhar, mas de compreender que se trata de uma oferta, de fazer porque é a vontade do Pai, porque O agrada e esta é a maneira de ensinar as pessoas a viverem na vontade de Deus e serem instrumentos e expressão de justiça e equidade. Crescemos e amadurecemos para sermos exemplos, modelos para os que estão crescendo e conhecendo ao Pai. Tudo que fizermos devemos seguir o modelo de Cristo, sendo oferta em favor da vontade do Pai, nada mais que isso.