A misericórdia do Senhor se renova

As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei nele. Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é aguardar a salvação do Senhor, e isso, em silêncio.” (Lamentações 3:22-26, BEARA)

A cada manhã, a cada novo dia é bom saber, conhecer o nosso Deus, e saber que as suas misericórdias se renovam. Ele demonstra o seu amor para conosco, dia após dia, não nos consumindo, devido a dureza de nosso coração, a nossa incapacidade de compreender a sua obra, a sua graça e o seu operar em nós.

Quão duro é o nosso coração em não compreender o que Deus fez em nossas vidas? Quão cegos estão os nossos olhos? Temos o entendimento da obra de Deus, do seu agir em nosso favor, mas nossas atitudes respondem de forma positiva a Sua obra , o ato da morte de Jesus por nós? Estamos surdos para Deus, mas com os ouvidos atentos para a “voz do mundo”, que nada mais é a própria voz do Diabo, assim como foi com Eva, que torceu a palavra de Deus? Onde está o nosso coração? Onde estão os nossos pensamentos? Em que temos gasto as nossas energias e quais são as nossas prioridades?

É graças a esta misericórdia que se renova a cada manhã, é este amor infinito que impedem de sermos consumidos por Deus, pois Ele de forma longânime revela o seu amor, pacientemente fala de sua graça, reconciliação conosco e de sua obra realizada em nós, para que possamos chegar à plenitude de Cristo.

A jornada é longa, o trabalho é duro, por isso, como Paulo; devemos nos desvencilhar de tudo o que nos impede de chegar ao pleno conhecimento de nosso Senhor e de sua vontade para as nossas vidas. Ele nos resgatou deste mundo não para vivermos como vivíamos anteriormente, ou como vivem as pessoas que não conhecem a Cristo (presos a este sistema de valores que torcem os do reino de nosso Senhor).  Ele nos chamou para sermos ministros da reconciliação, para levá-la a Deus a todos os homens, para falarmos e vivermos a sua graça maravilhosa.

Ser de Jesus é revelá-lo através de obras e de uma vida com atitudes que demonstram que Ele vive em nós. O pecado (os prazeres deste mundo) não nos atrai, pois temos um tesouro maior, um coração preso a algo que é mais importante que tudo que temos recebido e visto no presente século. Temos que falar do que temos conhecido de Deus, do que temos visto no Seu reino, temos que revelar a comunhão que Deus nos ensina a ter com Ele, com o Filho Jesus, e uns com os outros. Somente tendo esta comunhão, teremos alegria completa, e poderemos revelar o nosso Deus. Não, só isso, mas teremos confiança no Pai, pois sua misericórdia é eterna, Ele é fiel e revela toda a sua bondade para conosco, pois o buscamos de todo o nosso coração.

Tenhamos a certeza, a confiança, que as misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã, e é a sua graça salvadora, que nos educa para vivermos uma vida segundo o seu coração, mas o nosso coração tem que buscar, e buscar intensamente, o querer e o revelar de Deus em nossas vidas.

About these ads