Os caminhos do Senhor são retos

Quem é sábio, que entenda estas coisas; quem é prudente que as saiba, porque os caminhos do Senhor são retos, e os justos andarão neles, mas os transgressores neles cairão. (Oséias 14:9, BEARA)

O que são caminhos retos? Quem são os justos? Quantos de nós temos consciência do que somos? Qual a importância do justo andar pelos caminhos de retidão do Senhor? Por que andar por estes caminhos? Não é o que nos pegamos a pensar muitas vezes, pois vemos as pessoas prosperar, melhorarem de vida e o que ganhamos em sermos honestos, justos ou buscarmos um caminho de justiça?

Precisamos entender o que são justos, pois sem a compreensão do seu significado, não podemos entender o porquê das coisas. Quando estamos a olhar a palavra de Deus, estamos analisando ou procurando compreender sob a ótica Dele, não sobre o que pensamos, ou achamos, mas sobre aquilo que Ele fala e prescreveu para os homens. Não podemos querer viver a verdade de Deus à luz do pensamento do mundo, a andarmos segundo o pensamento humanista, que procura centrar no homem todas as coisas e não em Deus.

Deus nos criou para andarmos diante de Sua face, para que pudéssemos gozar do que há de melhor para o ser humano. Nós, na nossa pretensão de sermos deuses, ou sermos igual a Deus, nos afastamos daquela que seja a vontade de Dele. Achamos que conhecemos e compreendemos mais que Deus, e que a Sua vontade, o que Ele fala e prega, não é o melhor para nós. Achamos que somos melhores que Deus e que temos condição de decidir por nós mesmos o que é ou não correto, o que devemos ou não fazer. Ser justo é poder ser apresentado diante de Deus, santo, inculpável e irrepreensível, e isto só conseguimos através de Jesus Cristo, nosso Senhor. Quando somos feitas novas criatura, recebemos da natureza de Deus, e por a recebermos o nosso prazer passa a ser na lei do Senhor, em Sua palavra, em Sua forma de viver. Justo é aquele que tem prazer no Senhor, em Sua vontade, Sua palavra, em andar segundo o coração de Deus.

Aquele que conhece a Deus, aquele que experimenta da vontade do Senhor, muitas vezes, como o apresentado no salmo 73, pode pensar que no caminho daquele que não conhece a Deus existe prosperidade, vida, mas quando analisa a luz da vontade do criador, compreende que tudo que nos é apresentado, tudo que conhecemos e tocamos hoje, são coisas temporárias, são coisas que não duram. Então compreendemos que o caminho fora do Senhor é o que leva à morte, pois está longe do fundamento da palavra do Senhor Jesus, é aquele que constrói a sua casa sobre a areia.

Por isso, ao andarmos nos caminhos da retidão, da justiça, segundo o coração de Deus estamos olhando e vivendo, não com os olhos neste mundo, mas com os olhos no que é eterno, no reino de Deus, em Seus valores, no estilo de vida, daqueles que são de Deus, e que receberam do Seu caráter. Deus, o Pai, em Cristo, nos libertou do pecado, do seu domínio, para que possamos  fazer as Suas escolhas que são as melhores para nós e que nos darão prazer, que é o amor, o servir, o honrar, o glorificar a Ele em todas as nossas ações, o querer que o Seu nome seja exaltado, não pelo que falamos, mas pelo que somos pelo que fazemos.  Ser filho é ter prazer na forma de Deus agir e ser Seu imitador, é negar-se a si mesmo em favor dos outros, por causa do amor.

About these ads